Equilíbrio Emocional e Acupuntura

A saúde depende de inúmeras interações possíveis entre o ambiente, as emoções, a alimentação e o estilo de vida de cada um. O equilíbrio entre o indivíduo e o meio não é estático, mas dinâmico como a própria natureza. O corpo adoece quando perde seu poder de se adaptar ao meio externo. Dentro da concepção chinesa, a doença é uma manifestação de desequilíbrio dessa energia, e a acupuntura seria uma forma de readquirir a harmonia perdida.

 

menopausa

Dentre os fatores de adoecimento internos estão as emoções. As emoções em si não são causadoras de doenças, pois são inerentes a natureza humana. É normal que as pessoas sintam uma variedade de emoções em diferentes circunstâncias. Porém quando as emoções são prolongadas, intensas, reprimidas ou não admitidas, afetam o equilíbrio interno do indivíduo.

O acupunturista está sempre atento ao aspecto emocional de seu paciente, que pode ser gerador de patologias internas ou agravador de doenças já existentes.

um pouco mais sobre

Com a acupuntura busca-se tratar a pessoa como um todo, a origem dos problemas, e não apenas um sintoma específico. Por este motivo dá-se tanta importância as desordens emocionais do paciente, além das queixas físicas. É um tratamento eficiente em distúrbios como insônia, ansiedade, falta de libido, dores, até doenças mais complexas como síndrome do pânico, depressão, entre outras.

Woman Meditating

A acupuntura promove o equilíbrio físico e mental, aumentando a produção de endorfina e serotonina, responsáveis pela sensação de bem estar, sem agredir o corpo e a mente.