Artigo: O Frio e as Doenças

As doenças e dores decorrentes do frio segundo a medicina chinesa e acupuntura.

Fonte: Artigo Mexa-se – Agosto 2011.

Dra. Fatima Borges Silva.

A concepção chinesa acerca das origens das doenças é muito diferente da medicina ocidental.

A saúde para eles significa harmonia, que deve ser entre o homem e a natureza, deve ser interna e desse mesmo homem com a sociedade em que vive.

A medicina chinesa vê a doença como uma desarmonia.

Restaurando-se a harmonia, restabelece-se a saúde – o homem em harmonia interna e externa, harmonia consigo mesmo, com a natureza e com as pessoas com que vive, isso é saúde. Sendo assim, a medicina chinesa trata o indivíduo como um todo.

São considerados fatores de doença, ou seja, que provocam desarmonia: fatores externos, como clima, vento, frio, calor, umidade, secura, calor de verão; fatores internos, que são as emoções (alegria, raiva, preocupação, mágoa, medo temor, aflição); fatores mistos (internos e externos) – estilo de vida, nutrição, ocupação, excesso de trabalho, exercícios, relacionamentos, sexo, trauma e parasitas.

Como estamos em pleno tempo frio, vamos ter como foco o fator climático inverno, e os fatores: vento externo e frio.

O vento é intenso nesta época do ano, por isso devemos tomar alguns cuidados, principalmente quando nosso corpo já está enfraquecido.

Se o vento for excessivo pode penetrar e lesar o nosso corpo, principalmente as partes altas, como cabeça, face e pescoço, causando dores de cabeça, sinusite, rinite e outras, provocando os torcicolos e cervicalgias, assim como as partes externas do corpo, como pele e músculos.

O frio diminui a velocidade, a atividade e o movimento, tanto na natureza como no corpo, por isso necessitamos protegê-lo mais, utilizando roupas quentes, tomando e comendo alimentos também quentes.

Devemos evitar a exposição do nosso corpo ao frio e o consumo excessivo de alimentos e bebidas frias.

As partes afetadas pelo frio dependerão da região que mais expusermos e do grau de fraqueza do nosso corpo.

Primeiramente, o frio penetra pela pele, depois invade músculos, tendões e os canais de energia, ou seja, os meridianos, ossos e articulações, podendo provocar desde pequenas febres, resfriados, sinusites e pneumonias, a tendinites, dores musculares, nevralgias, dores ciáticas, articulares, lombalgias e outras.

Nesta época do ano devemos proteger o nosso corpo do frio e, se já tivermos sido acometidos por esses males, podemos nos tratar com a medicina chinesa, que utiliza desde a moxa (queima de uma erva chamada artemísia, com o propósito de aquecer os tecidos e retirar o frio dos meridianos), a massagem, acupuntura e alimentação.

E teremos um inverno agradável, sem dores e doenças.

Hospedado por Hostnet Savassi